Número de infectados pelo novo coronavírus no mundo supera 7 milhões

Mais de 7 milhões de casos do novo coronavírus foram declarados oficialmente em todo o mundo, de acordo com contagem da France Presse, a partir de fontes oficiais, divulgada pela Agência RTP, de Portugal.

Até o momento, foram registrados 7.003.851 casos de pessoas infectadas e 402.867 mortes resultantes da covid-19.

Dois terços dos casos do novo coronavírus estão concentrados na Europa e nos Estados Unidos.

A Europa, o continente mais afetado, registrou 2.275.305 casos e 183.542 mortes, e os Estados Unidos, país mais atingido pela pandemia, 1.942.363 casos e 110.514 mortes.

O número de casos relatados em todo o mundo duplicou em pouco mais de um mês e mais de 1 milhão de novos casos de covid-19 foram notificados oficialmente nos últimos nove dias.

Estados Unidos

Os Estados Unidos (EUA) registraram 691 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total para 110.482 mil óbitos desde o início da pandemia, de acordo com contagem da Universidade Johns Hopkins.

Até as 20h30 desse domingo, os EUA tinham notificado 1.938.842 de casos de contágio, sendo que cerca de 500 mil pessoas foram consideradas curadas.

O país tem o maior número de mortes e de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em todo o mundo.

Reino Unido

Todas as pessoas que entrem no Reino Unido provenientes do estrangeiro são obrigadas, a partir desta segunda-feira (8), a cumprir 14 dias de confinamento para conter a covid-19. A medida é contestada pelas companhias de aviação e de turismo.

O Reino Unido registra o segundo maior número de mortes pela doença em nível global, superado apenas pelos Estados Unidos.

"Vamos introduzir a quarentena porque o número de infeções diminuiu no Reino Unido, mas a proporção de infecções provenientes do estrangeiro aumentou", argumentou o ministro britânico da Saúde, Matt Hancock, em declarações à Sky News.

"Na verdade, espero que as pessoas possam usar um avião para ir de férias no verão, mas nós devemos começar a adotar medidas prudentes", acrescentou.

O Reino Unido tem 40.542 mortes de pessoas infectadas pelo novo coronavírus - e ultrapassa os 48 mil se forem incluídos os casos suspeitos -, em cerca de 287 mil casos.

 

Agência Brasil


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.