Surfista mordido por tubarão sai sozinho do mar e anda por 300 m para buscar ajuda

Hardcore

A seguir você vai ler a extraordinária história da vida real do surfista mordido por tubarão que percorreu um longo caminho até encontrar ajuda.

Os paramédicos elogiaram a história de sobrevivência de um surfista australiano que nadou de volta à costa sozinho e caminhou por 300 metros para obter ajuda após sofrer ferimentos “extraordinários” por conta de uma mordida de tubarão em uma praia remota.

O homem de 29 anos foi mordido por um tubarão no domingo enquanto surfava na Baía D’Estrees, na Ilha Kangaroo.

O paramédico Michael Rushby disse que o homem tinha lacerações “sérias” nas costas e na perna, mas ele conseguiu se manter em segurança.

Ele foi socorrido pela primeira vez por um paramédico de folga que dirigiu até a praia em seu carro pessoal e recebeu tratamento adicional por Rushby e outro paramédico antes de ser levado para o Centro Médico Flinders.

“Nós o estabilizamos ao lado da estrada, tratamos seus ferimentos e controlamos sua dor”, disse Rushby, segundo o The Guardian. O jovem sofreu graves lacerações nas costas e na coxa.

Do hospital, a vítima do ataque de tubarão divulgou uma nota manuscrita de sua experiência, agradecendo aos paramédicos e à equipe médica que o salvou. Leia:

“Era mais um dia normal de surf em Kangaroo Island’s D’Estrees Bay. Eu estava sentado na prancha quando senti uma batida no meu lado esquerdo. Foi como ser atropelado por um caminhão. Ele me mordeu nas costas, nádega e cotovelo, e arrancou um pedaço da minha prancha. Eu tive um vislumbre do tubarão quando ele se soltou e desapareceu.”

Do hospital, o homem disse que era “incrivelmente sortudo” e que estava “otimista; que iria ter uma recuperação completa”.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.