Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

Desmond Armond Joshua, 22, funcionário de uma loja do Burger King na Flórida, foi morto a tiros no sábado à noite por motivo torpe: o atraso em um pedido feito no drive-thru da unidade.

O incidente aconteceu após uma cliente, que não foi identificada, começar a reclamar do atraso no pedido, segundo ela uma demora exorbitante. Ela foi reembolsada pelos funcionários da loja, que pediram para que ela se retirasse do local.

Enfurecida, ela ligou para seu namorado, Kelvis Rodriguez-Tormes, 37, que foi ao restaurante tirar satisfação com Joshua. De acordo com testemunhas, Rodriguez-Tormes começou a brigar com o funcionário do Burger King e começou a enforcá-lo.

Outras pessoas presentes no local apartaram a briga, que aconteceu no estacionamento da unidade. Mas Rodriguez-Tormes não ficou contente e buscou uma arma em seu carro, que usou para balear o funcionário do Burger King.

Rodriguez-Tormez foi preso em flagrante e acusado por homicídio doloso (quando há intenção de fazer mal à vítima), destruição de provas e posse de arma por um condenado em custódia.

Em nota, a rede de fast-food lamentou o ocorrido e afirmou que prestará todo o apoio possível aos familiares e entes queridos de Desmond Armond Joshua.

 

 

Revista Menu

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.