Prefeitura promove Semana do Meio Ambiente a partir desta terça-feira em Rio Branco

Uma caminhada seguindo da Praça da Revolução até o Novo Mercado Velho marca a abertura da Semana de Meio Ambiente, promovida pela Prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMEIA). A concentração para a caminhada terá início às 8 horas na Praça da Revolução.

A programação, que segue até o dia 8, tem por objetivo a promoção de ações que despertem nas pessoas atitudes e comportamentos para a adoção de práticas sustentáveis que contribuam com a preservação e conservação do meio ambiente.

O evento contará com a participação de estudantes, professores, lideranças comunitárias, autoridades, organizações da sociedade civil e o público em geral.

No dia 6 de junho, será comemorado o 13º aniversário da Área de Proteção Ambiental Raimundo Irineu Serra (APARIS), com visita histórico-cultural ao Memorial Irineu Serra, Memorial Alto Santo e Centro de Iluminação Cristã Luz Universal (Ciclo – Alto Santo). Também no dia 6, às 09h, no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o Eng.º Florestal Cledson Reis ministra   a palestra: Licenciamento ambiental para postos de combustíveis.

Práticas Sustentáveis

Nos dias 07 e 08 de junho será a vez da Exposição Práticas Sustentáveis no Horto Florestal, quando também será lançado o Plano Integrado de Combate a Queimadas no Município. Nesses dias também haverá exposição e venda de artesanato e comidas típicas no Horto.

A secretária Municipal de Meio Ambiente, Paola Daniel, destaca que entre as práticas sustentáveis, serão montados no Horto Florestal: um biodigestor, horta orgânica, oficina de sabão, manejo de abelhas, protótipo do Ecoponto.

A prefeita Socorro Neri assinará, no dia 8, o Decreto de implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) em toda a Prefeitura de Rio Branco, com objetivo de estimular os órgãos públicos a implementarem práticas de sustentabilidade.  

Além da SEMEIA, a Semana do Meio Ambiente envolve equipes das secretarias de Agricultura e Floresta (SAFRA), Serviços Urbanos (SEMSUR) e Educação (SEME), além de Instituto Dom Moacir (IDM), Secretaria de Estado de Desenvolvimento, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (SEDENS), Empresa de Assistência Técnica, Extrativista Rural do Acre (EMATER), Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (SEAPROF), Comitê Chico Mendes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC) e Universidade Federal do Acre (UFAC).


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.