Cai o índice de queimadas e desmatamentos no Acre

 

Kátia Farias, da TV Rio Branco

Um trabalho de conscientização vem sendo desenvolvido com a população do Estado visando uma melhor qualidade de vida.  As ações são executadas em parceria com os grupos sociais, sindicatos e escolas, buscando a mudança do modo de agir dessa população em relação à preservação do meio ambiente.

Os primeiros resultados surgem e o Acre é o único estado da região norte que registrou uma queda no índice de desmatamento. De acordo com a secretária de estado de meio ambiente, Edgar de Deus, cuidar somente da saúde física do ser humano não é suficiente.

Edgar de Deus assegura que para se ter uma saúde de qualidade é necessário que se tenham um ambiente saudável e dele se retire a sustentabilidade total. O Acre vem ao longo dos últimos 16 anos investindo nesses modelos econômicos e sustentáveis para assim reduzir e emissão de poluentes e garantir saúde física e econômica para os cidadãos.

O gestor garante que esse é o resultado de um trabalho em parceria com órgãos e instituições em alerta para a situação do planeta.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.