Em visita ao MPAC, governador Gladson Cameli destaca importância da união institucional

Agência de Notícias do MPAC

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, recebeu nesta terça-feira, 27, a visita do governador do Estado do Acre, Gladson de Lima Cameli. Na ocasião, a PGJ e o chefe do Poder Executivo Acreano, trataram sobre assuntos institucionais e parcerias. Também esteve presente no encontro o procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos Sammy Barbosa Lopes e o secretário-geral do MPAC, promotor de Justiça Rodrigo Curti e a promotora de Justiça Myrna Mendoza.

Na ocasião, o governador destacou a importância do diálogo e da união institucional, e agradeceu ao MPAC pela transparência e compromisso que sempre carrega em sua atuação. Também colocou o Poder Executivo estadual à disposição das demandas em favor da sociedade.

“Quero agradecer ao Ministério Público pela transparência e compromisso que tem com o estado. Cabe a mim como governador respeitar todas as instituições, facilitar e tornar o executivo cada vez mais transparente. E eu quero sempre poder cooperar e tornar o MP do Acre cada vez mais forte. Nossas parcerias são importantíssimas e a presença do MPAC no executivo fiscalizando, nos orientando e ajudando, é muito importante”, afirmou.

A PGJ reafirmou o compromisso da instituição e agradeceu a visita do governador. “O MP do Acre agradece, governador, por sua sensibilidade em sempre entender e atender as demandas do Ministério Público, necessárias ao desenvolvimento de nosso trabalho”, finalizou Kátia Rejane.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.