No AC, servidores públicos realizarão ato na quarta contra a reforma administrativa do governo federal.

Marcelina Freire

 

Na próxima quarta-feira, 30, o Fórum sindical, popular e da juventude do Acre realizará um ato unificado intitulado, “Em defesa dos serviços públicos e contra a Reforma Administrativa do governo Bolsonaro/Guedes”. O manifesto deve acontecer a partir das 09h na entrada do canal da maternidade em frente ao terminal urbano, em Rio Branco.

“Essa campanha é uma ação nacional puxada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) como forma de contrapor as políticas de privatização e desmonte dos serviços públicos do governo Bolsonaro como estratégias de mobilização unificadas para os servidores públicos a nível federal, estadual e municipal”, dis a divulgação do ato.

A manifestação deve acontecer simultaneamente em vários estados brasileiros como forma de tentar barrar a reforma administrativa proposta pelo Ministro da Economia Paulo Guedes. O ato também é contra o bloqueio de verbas da saúde e Educação e pede o fim dos cortes de recursos dos Institutos Federais e Universidades!

Segundo a organização do evento aqui no Acre, foram definidas as ações de mobilização com atividades nos estados e nas bases das diversas categorias do funcionalismo que incluem o Dia Nacional de Lutas, na quarta, 30 e o Ato online em defesa das estatais, previsto pra acontecer no dia 03 de outubro.

Segundo a organização, “está sendo desenvolvida uma campanha nacional de comunicação em defesa do serviço e dos servidores públicos e das servidoras públicas, que coloque em pauta os perigos da reforma administrativa, que visa acabar com os direitos conquistados pelos servidores públicos federais, estaduais e municipais, além de precarizar e privatizar serviços essenciais prestados à população”.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.