Acre vai se juntar a Rondônia e Mato Grosso contra a Energisa em mais um protesto

Por Wanglézio Braga

Líderes populares do Acre resolveram promover mais uma manifestação contra a empresa Energisa, desta vez, por unificar o protesto com pelo menos dois outros estados: Rondônia e Mato Grosso. A ideia é pressionar a concessionária que atua na região a diminuir o valor da tarifa de luz, forçar uma explicação plausível para o aumento na conta de luz nos últimos meses e denunciar supostos casos de fraudes em medidores.

A manifestação unificada foi marcada para o dia 03 de outubro a partir das 8 horas na frente da sede da Energisa nos respectivos estados. Deputados, movimentos sociais, empresários e a sociedade vêm sendo convidados nas redes sociais para apoiar o ato. Em Rio Branco, a Energisa fica localizada na Rua Valério Magalhães, 226, bairro Bosque.

Ontem (26), cerca de 50 pessoas fizeram um protesto no prédio da Energisa. Com cartazes em mãos e proferindo palavras de “fora Energisa”, os manifestantes pediram uma reunião com a gerência da empresa, na mesma ocasião a segurança foi reforçada, um grupo de dez pessoas foi recebido por um representante que explicou que a tarifa só poderia ser reduzida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.