Dona de Restaurante nega arrastão e afirma que tudo não passa de fake news

Da redação

A empresária Kamila Mantovanelli, uma das proprietárias do Balneária e Restaurante Manto Verde, na Estrada do Amapá – Segundo Distrito , nega a existência de suposto arrastão no último fim de semana e afirma que tudo não passou de fake News.

Segundo Camila, foi surpreendida com videio publicado nas redes sociais pelo jornalista Rogério Wenceslau, no qual o  comunicador fala sobre arrastão que teria sido registrado nas proximidades do balneário e restaurante.

Ainda segundo a empresário, o referido estabelecimento investe em segurança para oferecer conforto e tranquilidade aos seus clientes e amigos. “Nenhum dos nossos clientes relatou nada sobre arrastão”, afirmou a empresária.

“Ainda não estamos sabendo lidar com essa situação, pois infelizmente tivemos um prejuízo muito grande porque nossos clientes ficaram com medo de vir aqui. Temos segurança particular aqui dentro do restaurante para proteger os clientes e ninguém nos procurou”, diz.

Segundo o jornalista Rogério Wenceslau e outras pessoas que estavam no local, o arrastão ocorreu na entrada do restaurante, na Estrada do Amapá. A esposa dele, a advogada Jamily Costa, também denunciou o caso nas redes sociais.

“Arrastão em frente ao Manto Verde. Pararam carros, caminhonetes e ciclistas. Fomos surpreendidos na saída do local. Foram em torno de 10 vítimas em apenas 5 minutos”, afirmou.

O secretário de Segurança, coronel-PM Paulo César, também vê indícios de notícias falsa, uma vez que nenhuma das supostas vítimas relatou o ocorrido e também procurou delegacia para prestar queixa e registrar Boletim de Ocorrência.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.