Embaixador dos EUA no Brasil comemora prisão de traficante Internacional no Acre

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução 

O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, se manifestou pela captura e prisão do traficante de pessoas Hussein Mohamed Sobbih Fatouh ocorrida, neste mês, em Assis Brasil, no interior do Acre. O egípcio-libanês era um dos traficantes mais procurados pelas autoridades internacionais.

A captura só foi possível por um trabalho de inteligência e de cooperação. A Diretoria de Investigações de Segurança Interna (HSI) do Serviço de Imigração e Controle Alfandegário (ICE) dos Estados Unidos trabalhou em conjunto com a Polícia Federal brasileira na captura de Hussein Mohamed pelo contrabando de nove cidadãos provenientes do Iêmen. A Polícia Federal recebeu uma denúncia anônima, em 11 de outubro.

Eles foram inseridos no Programa de Alerta de Migração Transnacional de Identificação do ICE (BITMAP) no Panamá, Colômbia, Equador e Peru. 

"Esta prisão é mais uma demonstração da estreita colaboração entre as polícias dos EUA e do Brasil no combate a atividades ilegais que ameaçam o bem-estar de nossos cidadãos. Continuaremos a trabalhar em conjunto para garantir a segurança daqueles que atores mal-intencionados procuram se aproveitar”, disse o embaixador.

 "A prisão de Sobbih Fatouh é uma grande vitória", disse o adido do ICE no Brasil e na Bolívia, Robert Fuentes que acrescentou: "Não apenas o traficante de pessoas foi preso, mas conseguimos identificar nove estrangeiros que são uma ameaça potencial à nossa segurança nacional. Somos gratos aos nossos parceiros brasileiros por sua forte parceria no combate às organizações criminosas transnacionais. O HSI está comprometido em desmantelar as redes de contrabando de pessoas que minam nosso sistema de imigração e colocam inúmeros indivíduos em risco".


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.