Marina Silva detona ideia de construir uma rodovia entre o Vale do Juruá e o Peru

Por Wanglézio Braga 

A ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora do Acre, Marina Silva (REDE) resolveu se manifestar sobre o plano da construção da rodovia que ligará o Vale do Juruá, no Acre até a cidade de Pucallpa, no Peru. Ao compartilhar uma reportagem de um jornal de circulação nacional, uma das principais opositoras do Governo Jair Bolsonaro repudiou a ideia e disse que o executivo maior não tem intenção de proteger a Amazônia.

“O plano de construir uma rodovia cortando o Parque Nacional da Serra do Divisor, no Acre, mostra que o governo não tem nenhuma intenção em proteger efetivamente a Amazônia”, escreveu Marina, na noite de ontem (24).

Marina Silva completou a sua queixa dizendo que o governo do presidente Jair Bolsonaro não tem ‘noção e compromisso’. “Atingir uma unidade de conservação de proteção integral no coração da floresta, que reúne uma das maiores biodiversidades do mundo, é só mais um sinal da sua completa falta de noção e compromisso”, concluiu.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.