Nota de Esclarecimento sobre retorno de comissionados

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Governo do Estado do Acre, vem à público esclarecer que o decreto que tornou sem efeito parte das exonerações anteriormente, realizada pelo governador Gladson Cameli atende a critérios técnicos que visam atender e preparar o setor agropecuário e a Secretaria de Produção e Agronegócio (SEPA), às exigências fiscalizatórias do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Está agendada para novembro, de acordo com o calendário do MAPA mais uma etapa de vacinação, para todo o rebanho bovino e bubalino no Acre.
Para cumprir essa agenda é imprescindível o planejamento e execução realizados por esses médicos, o não cumprimento significaria um retrocesso e um prejuízo que iria orbitar na casa de milhões de reais.

Hoje, o setor possui mais de 3,3 milhões de cabeças de gado, um patrimônio de mais de 4 bilhões reais, sendo o terceiro setor que mais movimenta o PIB do estado, gerando mais de 75 mil empregos diretos.

As exonerações mencionadas no primeiro decreto iriam alcançar os médicos veterinários que trabalham para que o nosso estado alcançasse o status de área livre de aftosa sem vacinação.

O Estado, em governos anteriores, não preocupou-se em realizar concurso público para atender a demanda por médicos veterinários, sendo necessário agora contratá-los através de Cargos em Comissão. Apesar disso, o Acre vem sendo reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial da Saúde Animal como zona livre de aftosa há quase 14 anos, em virtude dos resultados exitosos de suas políticas de defesa e inspeção animal. Algo que para ser mantido, faz-se necessário para termos profissionais da área veterinária. Assim, ao menos que essa demanda (técnica mais que política) seja sanada, é prejudicial desguarnecer a SEPA desses profissionais.

Por fim, esclarecemos que diante da situação fática, não poderíamos esperar que a agropecuária acreana fosse prejudicada ou ainda sustentar uma medida administrativa em detrimento da economia para satisfazer aqueles que apostam no quanto pior melhor. Pensar no povo é agir com responsabilidade. O governo busca através de uma gestão de equilíbrio econômico estabelecer metas que em breve possibilite o Estado a realizar concurso público para suprir a demanda de médicos veterinários, visando fortalecer a agropecuária no tocante a assistência técnica sem penalizar a população e setores que movimentam nossa economia. A meta do governo do Acre é sair da economia do contracheque colocando o Acre no caminho do desenvolvimento econômico.

Wherles Rocha
Governador do Acre, em exercício


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.