Empresário acreano monta empresa de cashback e acredita conquistar mercados nacional e internacional

Por Antonio Muniz

Bacharel em Direito, coaching e trader financeiro, o empresário acreano de Cruzeiro do Sul,  Lauro Cavalcante de Andrade Junior, 34 anos, natural de Cruzeiro do Sul, criou, no fim do ano passado, a Boo cash back, uma plataforma que estava programando há exatamente três anos. “Trata-se de um sistema que solucionará inúmeros problemas do setor de vendas e fidelização no Acre, no Brasil e no mundo”, afirmou Lauro, em entrevista ao programa RB Notícias, apresentado pelo jornalista Antonio Muniz, ao vivo, na TV Rio Branco-SBT.

Traduzido, esse termo de inglês para o português, logo revela o que é - cashback significa: dinheiro de volta. Ou seja, quando o cliente faz uma compra em uma loja que oferece um programa de cashback, ele recebe de volta uma parte do dinheiro gasto. “A Boomerang Cash Back Ltda, nasceu de algumas necessidades. A empresa veio pra ser funcional e resolver problemas. Com o padrão ouro em Cash Back, Marketing Place e Monetização. Existem duas formas de as pessoas ingressarem na Boo: por meio de cadastro ou de compra”, explicou.

Ainda segundo Lauro, a Boo apresenta o que há de mais moderno em tecnologia no Brasil, nossas ferramentas se equiparam a grandes plataformas como Magazine Luiza, Americanas, Hotmart, Monetize. Toda essa tecnologia simultânea em um só lugar. “Isso mesmo: o problema que o empresário tem pra fidelizar clientes e criar uma carteira de clientes fiéis tem solução imediata em nosso empresa”.

Por outro lado, segundo Lauro, a Boo oferece e ao clube de afiliados, independentes vantagens exclusivas, um processo de fidelização em massa. O maior programa de fidelização do mundo chama-se Milhas Aéreas, mas nos próximos dois a três anos será o cashback (dinheiro de volta) a cada compra. “O carro chefe da nossa empresa é o cash back, mas englobamos também e forma automática, marketing place e monetização”, explicou.

Resolvemos problemas nas duas pontas do negócio, para empresário e clientes fiéis. Aos afiliados temos descontos, cashback, e a oportunidade de uma renda extra, através de nossa plataforma de alavancagem, ao investi 80% do faturamento em cashback. O Boo também investe 2,0% do seu faturamento líquido em obras sociais, abraçando, cada vez mais, o povo acreano, em especial os mais carentes.

Num resumo geral, segundo Lauro, a Boo Cashback, conecta pessoas do bem. De um lado, as melhores empresas, do outro, uma rede fidelizada de pessoas que têm dinheiro de volta a cada compra, descontos e ainda podem montar o seu clube de compras e ter renda residual recorrente em 12 níveis. “Não se trata de pirâmide, mas sim de uma clube de vantagens, onde todos saem ganhando”, garantiu.
Lauro lembrou que o cashback foi criado em 1998, pela empresa norte-americana Ebates. Logo no lançamento, ela tinha em seu portfólio 40 lojas online parceiras que ofereciam até 25% do dinheiro de volta. É um programa de recompensa que começou nos Estados Unidos e ganhou espaço no competitivo mercado brasileiro. Segundo Lauro, a Boo explicar essa estratégia, como funciona e por que os consumidores devem integrar esse imenso clube de vantagens.
“A todo instante, novas plataformas, aplicativos, métodos e metodologias se tornam ainda mais populares com o objetivo de tornar empresas e negócios mais atrativos aos olhos do consumidor. Entre uma dessas práticas está o cashback, onde todos saem ganhando, tanto os compram, quanto os que vendem”, afirma Lauro. Ele revelou que que esse tipo de programa de recompensa já é muito popular nos Estados Unidos e no Reino Unido, sendo utilizado, principalmente, por empresas de cartão de crédito.
 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.