"Obrigado ao povo do Acre. Esse tipo de acolhida nos faz pensar que estamos no caminho certo", agradece Moro

Por Wanglézio Braga

Apesar de rápida, a passagem do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, por Rio Branco ficou entre assuntos mais comentados nas redes sociais do Acre e ainda movimentou o trânsito nas principais avenidas do centro da capital. Nas cerimônias realizadas hoje (18) no “Memorial dos Autonomistas” e na “Escadaria do Palácio Rio Branco”, a população esteve presente, aplaudiu, gritou e registrou quase tudo.

Mesmo com a ordem montada pela Segurança Institucional de não deixar ninguém se aproximar do ministro, o próprio Sérgio Moro quebrou o protocolou e caiu nas graças do povo. Passou pelo bloqueio dos seguranças e foi saudar os populares que estavam desde cedo aguardando sua visita. Muitos aguentaram o clima quente do meio dia e tentavam entre as grades de segurança pegar o melhor ângulo.

“Poxa, pessoal! Muito obrigado ao povo do Acre pela calorosa acolhida. Esse tipo de acolhida nos faz acreditar que estamos no caminho certo", disse falando diretamente aos populares que aproveitaram para fazer registros fotográficos e vídeos.

Em seu discurso, Sérgio Moro ressaltou a acolhida do povo acreano, ao presidente Jair Bolsonaro pela oportunidade de ser ministro. Ele elogiou a bancada federal por participar ativamente e anunciou que deve retornar ao estado em outro momento para entregar novos dispositivos de Segurança.

“Essa acolhida nos indica que estamos no caminho certo. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro por ter dado a oportunidade de ser ministro. Afirmo que a política desse governo é lutar firme contra a corrupção, contra o crime. Agradeço a hospitalidade e generosidade de vocês, acreanos. Certamente voltarei aqui com novas entregas. Acho que muito se pode avançar com a gestão eficiente, retirar o criminoso na rua, confiscar o produto do crime, resguardar a fronteira e ter instrumentos legais para isso. A bancada federal do Acre é uma das mais apoiadoras do governo federal e isso é muito importante”, finalizou.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.