Chuva forte provoca inundações, transbordo de córregos e desabamento de muro em Rio Branco

Por Wanglézio Braga/ Foto: Reprodução das Redes Sociais

O pesquisador, Davi Friale, já pode comemorar o cumprimento de sua primeira previsão meteorológica de 2021. Na semana passada, ele alertou sobre a possibilidade de um temporal que anunciaria a chegada da primeira onda polar no Acre. Por volta das 12h30mim, Rio Branco e região registrou o início da forte chuva que deixou vários bairros inundados, ocasionou no transbordo de igarapés e deixou ruas e avenidas interditadas.

Segundo o Major Falcão, coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, o órgão municipal juntamente com o Corpo de Bombeiros registrou dezenas de ocorrências durante o temporal. A grande maioria dos telefonemas aos órgãos de proteção foi proveniente da região da baixada da Sobral.

“Nós tivemos registros de queda de árvores, pelo menos quatro árvores, nos bairros Chico Mendes, Boa Vista e São Francisco. Na Rua Padre Cícero, na região da Conquista, houve alagamento de um córrego e também de casas naquela região. Houve um desabamento de um muro no bairro Plácido de Castro, todas as ocorrências sem vítimas fatais”, informou.

A forte chuva que caiu pela cidade anuncia a chegada de uma leve onda de frio polar. Segundo a meteorologia, nesta terça-feira (19), as chuvas devem continuar em diversas áreas do estado.

“O fluxo de umidade em baixos níveis da atmosfera ainda atua sobre o Acre e favorece a organização de áreas de instabilidade sobre grande parte do Estado nesta terça-feira. Para as regiões do Vale do Juruá, a previsão é de um dia de pouco sol, com céu variando de nublado a encoberto e há possibilidade de pancadas de chuva e trovoadas a qualquer hora do dia. Nas demais regiões acreanas, inclusive na capital Rio Branco, o dia será de sol entre muitas nuvens, tempo abafado e com pancadas de chuva e trovoadas entre a tarde e à noite”, informou o Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM).

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.