Empresa aérea pede apoio de Gladson Cameli para voar no Acre

Agência

O estado do Acre poderá ganhar mais uma empresa aérea de pequeno porte para o transporte de passageiros, a Omni Táxi Aéreo (OTA). A apresentação foi feita nesta quarta-feira, 14, pelo diretor-geral da empresa, Roberto Márcio Coimbra, ao governador Gladson Cameli, a Anderson Abreu, secretário da Indústria, Ciência e Tecnologia do Acre e ao representante do Acre em Brasília, Ricardo França.

Roberto Coimbra apresentou a proposta de instalação e funcionamento da empresa para uma linha aérea entre os municípios de Manaus, Cruzeiro do Sul, Rio Branco e Porto Velho. A empresa, segundo seu diretor-geral, possui um avião modelo ATR 42-500.

Especializada em transporte com helicópteros, a empresa está expandindo seus serviços de transporte de passageiros e carga com a compra de um avião ATR com capacidade para 50 passageiros.

A empresa está providenciando o pedido para atuar na região Norte junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Roberto Coimbra pediu o apoio do governador Gladson Cameli no andamento do processo de liberação.

O governador se mostrou bastante satisfeito com a proposta, pois com a entrada da empresa fazendo, especialmente, a linha de Manaus, Porto Velho, Rio Branco e Cruzeiro do Sul, inicialmente, será mais uma opção para o deslocamento de passageiros, que sofrem hoje com a baixa frequência de voos.

“Daremos todo o nosso apoio para que a empresa inicie seus trabalhos o mais rápido possível e que possa ampliar as rotas dentro do estado do Acre”, frisou Cameli.

O secretário da Seict, Anderson abreu, disse que esse é um importante passo para que o desenvolvimento seja acelerado no estado, pois um dos principais itens para o crescimento é a facilidade no transporte, tanto de passageiros quanto de carga.

Finalizando, Ricardo França se colocou à disposição da empresa para o que se fizer necessário, já que a representação do Estado, com base em Brasília poderá adiantar os protocolos que envolvem o governo federal.

“Estamos aqui recebendo diretamente as orientações do nosso governador e trabalhando para que esse elo traga benefícios para o estado do Acre e sua população”, disse França.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.