Atraso na entrega da ponte sobre o Rio Madeira poderá ser investigado pelo MPF

Uma representação para que sejam investigadas as causas na demora da finalização e entrega das obras da ponte sobre o rio Madeira, no distrito de Abunã, em Rondônia, foi encaminhada ao Ministério Público Federal (MPF) daquele estado pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Acre.

Segundo o procurador responsável pela representação, Lucas Costa Almeida Dias, pessoas que se deslocam por via terrestre para o Acre, em especial a população acreana, são penalizadas pela dificuldade no desenvolvimento econômico do Acre e de outras regiões afetadas, e a não existência da ponte aumenta as despesas com transporte e dificulta o acesso turístico e comercial da região, já que aumenta o custo e o tempo decorrido para o transporte de pessoas e produtos na região.

Apesar do término das obras previsto para 2017, e das diversas promessas feitas pelo Governo Federal com datas para a finalização, ainda não se tem certeza sobre o término efetivo da obra, nem quanto de verba pública ainda será gasto para isso, sendo que até o momento, os valores aplicados na obra já extrapolaram em muito o orçamento previsto.

A representação deverá ser recebida por membro do MPF que atua na área de Direitos Sociais e Atos Administrativos em Geral em Rondônia, que avaliará as medidas que entender cabíveis para o caso.

 

ASCOM MPF

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.