Com o carro quebrado e sem gasolina, grávida em trabalho de parto recebe ajuda do Gefron para chegar até o hospital

Ascom/Sejusp

Tudo parecia normal no patrulhamento realizado na manhã desta quinta-feira,14, pelo Grupo Especial de Fronteiras (Gefron) nos ramais que compreendem o percurso entre Senador Guiomard, Plácido de Castro e região de Capixaba. Mas uma situação diferente mudou os rumos do dia.

Os policiais do plantão se depararam com uma família que vinha da zona rural de Capixaba com uma grávida em trabalho de parto. O veículo que os conduzia estava quebrado no meio de um ramal, sem combustível para prosseguir.

De acordo com o delegado Rêmulo Diniz, a família tinha como destino a capital, Rio Branco, para a realização do parto mas, devido às condições, estava impedida de prosseguir. “Essa era uma região em que estávamos fazendo bloqueio de veículos roubados, quando nos deparamos com a família. A viatura do Gefron conduziu a gestante e uma acompanhante até o Hospital de Senador Guiomard, onde o parto foi realizado”, explicou.

O delegado ainda destacou que a mãe e a criança estão bem e receberam os devidos cuidados dos profissionais do hospital. “Graças a esse patrulhamento feito pelo Gefron foi possível que ela tivesse esse filho em um hospital com as condições adequadas e não em um ramal, já que o carro estava quebrado e sem combustível” afirmou.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.