Gladson altera nome do Mercado dos Colonos: Decreto é publicado no DOE

Por Wanglézio Braga

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (13) o Decreto N° 3607/2019 que muda o nome do antigo Mercado dos Colonos, no centro da capital, para Mercado dos Colonos Olavo da Farmácia. A mudança acorreu após apresentação de Projeto de Lei na Assembleia Legislativa (Aleac) pelo deputado Chico Viga (BUPAC). O decreto foi assinado pelo governador Gladson Cameli (PP).

Olávio Alves Deocleciano, o homenageado, nasceu em Rio Branco e ganhou fama ao ajudar os mais pobres que não tinham condições de pagar por um medicamento. A sua própria drogaria foi criada nas dependências do mercado. A popularidade de Olavo da Farmácia foi além a ponto de ganhar uma eleição para vereador, sendo o mais votado nas eleições de 2004, mas ele não assumiu o mandato tendo em vista que morreu vítima de problemas no coração.

“A homenagem pretendida nada mais é que justo reconhecimento por sua trajetória de vida e pelos relevantes serviços prestados a sociedade acreana. Homenagens como esta possui alto valor cultural pela memória que preserva de um ilustre nome da historia do nosso estado; mas possui também uma mensagem educativa para todos, na medida em que a perpetuação da Iembrança de seres humanos prestativos, como Olavo da Farmácia, reflete modelos de vida e de trabalho que atuam como fonte de inspiração e exemplo a ser seguido, por todos, em especial pela juventude, tão carente de modelos ou lideres. Além de nos trazer a grande lição que uma sociedade se compõem daqueles que deixaram seus legados, bem como dos que dão continuidade a sua historia”, justificou o autor da matéria.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.