Mutirão de ações previdenciárias acontece em Feijó no mês de dezembro

Atividades serão conduzidas pelo juiz de Direito Marcos Rafael, titular da Vara Cível da Comarca de Feijó; previsão é de que sejam julgados, ao todo, 60 processos.

Com objetivo de garantir mais agilidade nos julgamentos, o Juízo da Vara Cível da Comarca de Feijó realizará, entre os dias 2 e 6 de dezembro, um mutirão de processos que envolvem Direito Previdenciário.

Ações de aposentadoria, auxílio saúde, pagamento de salário maternidade estão entre os processos pautados. A previsão é que sejam julgadas 60 ações. O juiz de Direito Marcos Rafael, titular da unidade judiciária, é quem conduzirá os julgamentos.

Como em feitos dessa natureza são necessárias perícias médicas, no dia 29 de novembro acontecerá outro esforço concentrado, para realização dos procedimentos – que podem comprovar ou não as alegações dos autores.

A atividade busca consolidar a política de atuação do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), na promoção de uma Justiça mais rápida e próxima da população.

 

 

TJAC


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.