Policlínica vai se tornar referência para mulheres em gravidez de alto risco

“O meu maior orgulho é saber que, todos os dias, tentamos salvar vidas com muito amor e determinação”, diz Alysson Bestene durante encontro com servidores da Policlínica Tucumã

“Quando nos sentimos bem, somos mais felizes e essa felicidade contagia as pessoas que vêm em busca do nosso auxílio”. A frase é da servidora pública Rute Ribeiro da Costa, proferida minutos depois de receber um presente no sorteio de mimos que a gerência da Policlínica do Tucumã preparou, após o almoço especial de fim de expediente na sexta-feira, 10.

Do pernil assado ao vatapá. Do salpicão à salada com maionese e o estrogonofe, um a um os funcionários iam se servindo. Da médica ao enfermeiro, do auxiliar administrativo à zeladora, todos na mesma mesa, cada um deles reconhecidos como valorosos combatentes da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), parte fundamental de uma grande engrenagem cuja magnitude se revela no número expressivo de atendimentos. Em dezembro, na Policlínica, pelo menos 3,2 mil pessoas foram atendidas nas diversas especialidades dos seus serviços ambulatoriais.

A comemoração desta sexta, organizada pelo gerente da unidade, João Paulo Silva, especialmente para o funcionalismo, contou com a presença do secretário de Saúde, Alysson Bestene e da secretária-adjunta, Paula Mariano. Por causa de compromissos anteriores, o secretário não pôde participar do almoço, mas compareceu para deixar a sua palavra de gratidão pelo corpo de funcionários.

“O meu maior orgulho é saber que, todos os dias, tentamos salvar vidas com muito amor e determinação para superar as dificuldades das condições de trabalho”, pontuou o secretário.

“E um exemplo vem do Pronto-Socorro. Em 2019, fizemos mais de 124 mil atendimentos. E embora esses números sejam expressivos, é impossível que dois ou três [atendimentos] não fiquem aquém das nossas expectativas, infelizmente com repercussões não tão boas. Mas sabemos disso, e é por isso que precisamos continuar todo esse trabalho de valorização dos nossos servidores para que consigamos, juntos, alcançar o nosso maior objetivo: a satisfação das pessoas que precisam do serviço público de Saúde”, completou Alysson Bestene.

Momento de oração dos servidores da Policlínica, em almoço para homenageá-los Foto: Odair Leal/Secom

Diferente das Unidades de Pronto Atendimento e das demais unidade de saúde do estado, a Policlínica é um local para que as famílias tenham atendimento médico ambulatorial e possam fazer exames. Não atende urgência ou emergências. São atendimentos do Programa Saúde da Família e de outros como o de pediatria, de endocrinologia e ginecologia.

Instituição se tornará referência para situação de grávidas de alto risco

Em 2020, a Policlínica do Tucumã começa uma nova fase com o projeto PlanificaSUS, voltado para o atendimento de gestantes e crianças em situação de alto risco. Desse modo, a Policlínica do Tucumã será o ambulatório de referência para esses casos na região de Saúde do Baixo Acre.

“O PlanificaSUS  organiza a atenção ambulatorial especializada em rede, com a atenção primária à saúde, e a  Policlínica Tucumã será esse ambulatório para referência às gestantes e crianças de alto risco”, explica Emanuelly Nóbrega , coordenadora Estadual do PlanificaSUS. A previsão é que em julho deste ano já comecem os atendimentos.

Segundo a coordenadora, a ideia é que a Sesacre expanda posteriormente o PlanificaSUS para as demais regiões de Saúde do Alto Acre e do Juruá, “enfrentando os altos índices de mortalidade infantil, materna e de gravidez na adolescência, uma realidade presente no nosso estado”, ressalta ela.

Conforme João Paulo Silva, gerente da Policlínica, o programa PlanificaSUS é uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, o Conass, do qual o secretário Alysson Bestene é membro, e tem como meta reduzir o risco à saúde de bebês e de mães que apresentam gestação de alto risco.

“Basicamente, essas mamães virão reguladas da rede primária, as Unidades de Saúde da Família, para terem esse atendimento especial na nossa Policlínica. Aqui teremos uma equipe de 21 profissionais médicos, enfermeiros e técnicos para atender essas mulheres com a atenção que merecem, para que tenham um parto saudável como qualquer outra em condições normais”, explica Silva.

Servidoras da Policlínica do Tucumã em momento de reconhecimento pelo bom trabalho desempenhado na unidade Foto: Odair Leal/Secom

O maior objetivo é oferecer às mulheres saúde, qualidade de vida e bem-estar durante a gestação, o parto, o pós-parto e o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida, reduzindo a mortalidade materna e infantil. Todo o sistema estará funcionando plenamente até junho deste ano.

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.