Comandante expulsa militar da PM acusado de matar vigilante

Por Wanglézio Braga

O comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Ulysses, publicou na edição de hoje (10) do Diário Oficial do Estado (DOE) a exoneração de Jorge Weston de Andrade Mendes. Jorge é acusado de assassinar o vigilante Raimundo Carlos da Costa Araújo em um balneário. O crime ocorreu em 2016. 

Na época, a PM informou que o sargento chamou a esposa do vigilante para dançar, gerando uma discussão e da qual o militar sacou a arma e disparou contra i rapaz. Já no dia 31 de outubro, o juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar, Alesson Bras, determinou a perda do cargo público. A decisão se deu após condenação, na justiça comum, do sargento por crime de homicídio. A 5ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) chegou a negar um recurso apresentado pela defesa do PM. 

O decreto assinado por Ulysses Araújo é retroativo ao dia 6 de dezembro. No documento, ele cita que a decisão decorreu de uma “determinação judicial transitada em julgado”. O comandante determinou a devolução do fardamento e a identidade policial do sargento condenado conforme determina as normas da corporação.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.