Governador convida e Semírames retorna ao cargo de secretária da Fazenda

Secretária afirma que tomou posição sensibilizada pelo convite de Cameli

O governador Gladson Cameli anunciou neste domingo, 8, o retorno da auditora Semírames Maria Plácido Dias para o cargo de secretária de Estado da Fazenda a partir desta segunda-feira , 9.

A gestora, que tem MBA em gestão financeira, controladoria e gestão pública com ênfase em controle externo, é auditora de controle externo no Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE), e é considerada por Cameli um dos membros de sua equipe responsáveis pelo desempenho positivo registrado nas contas públicas do Estado desde que ele assumiu o governo em janeiro deste ano.

De acordo com o governador, o projeto para retomada do desenvolvimento passa por um ajuste financeiro e consequentemente o equilíbrio fiscal, medidas necessárias para que o Acre consolide uma política econômica capaz de gerar emprego e renda para população.

“Quero agradecer, de coração, em nome de todas as pessoas do Acre e pelo nosso governo, pela decisão da secretária Semírames em permanecer na  Secretaria de Fazenda. Isso reforça o compromisso com a solidez fiscal, com a seriedade das ações, com a busca de investimentos para gerar emprego e renda para a nossa gente”, disse Gladson Cameli.

Semírames agradeceu o convite do governador e afirmou que seu retorno para pasta da Secretaria da Fazenda dará continuidade a missão de continuar trabalhando com compromisso e responsabilidade, honrando a confiança do governador Gladson Cameli e da população acreana, que enxerga no atual governo a possibilidade de garantir um futuro mais justo e promissor para todos.

“Sou grata ao governador Gladson Cameli pelo convite para retornar para Secretaria da Fazenda. Estou disposta a continuar cumprindo esta missão com compromisso e responsabilidade, consciente do objetivo de trabalhar pelo desenvolvimento do Acre”, salientou ela.

A auditora Semírames Plácido Dias também atuou como inspetora geral de controle externo da 3a IGCE; inspetora geral de controle externo da 2a IGCE, diretora de Auditoria Financeira e Orçamentária – DAFO e na coordenação do Grupo de Informações Estratégicas do Controle Externo (GAICE) do TCE.

 

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.