Tensão na Fronteira: Pando se aproxima de 1 mil casos positivos de Covid-19

Por Wanglézio Braga

A fronteira do Acre com a Bolívia continua em alerta máximo. No lado de lá, em Pando, os casos de Covid-19 chegam próximos de 1 mil. Neste domingo, 126 novas amostra  deram positivo para o novo coronavírus. Cobija, a capital do departamento, possui o maior número: 851 e 53 mortes. Do lado de cá, em Brasileia e Epitaciolândia, também houve aumento no número de amostras positivas, porém, há um congelamento no número de vítimas fatais.

Segundo o Boletim Epidemiológico publicado pela Secretaria Estadual de Saúde do Acre (SESACRE), via Vigilância Sanitária, neste domingo (05), o município acreano de Epitaciolândia registrou 188 positivos, com seis mortes. Já em Brasileia, o número total chegou a 443, com também com seis óbitos.

Em coletiva realizada hoje (06), o Comitê de enfrentamento ao novo coronavírus no Acre, informou que a situação do Alto Acre ainda é muito preocupante tendo em vista que a classificação na região chega a nota 15 dentro do “Pacto Acre sem Covid”, ou seja, em alerta de emergência (cor vermelha).

A classificação dos níveis é feita com base em três critérios: dados referentes à contaminação pelo coronavírus, responsabilidade social e capacidade do sistema de saúde. Estes critérios são divididos em indicadores que resultam na indicação dos níveis de emergência, alerta, atenção e cuidado.

Em Pando, médicos, enfermeiros e equipe de apoio alertam que os números continuarão a crescer na região e o colapso no sistema de saúde é evidente, devido à falta de equipamentos, suprimentos, medicamentos e mais profissionais. Os resultados laboratoriais de 1.029 suspeitos também são aguardados. 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.