Jordão estabelece que visitantes ou quem estiver em trânsito pela cidade cumpra quarentena em escola

Por Wanglézio Braga

O município do Jordão foi a última cidade do Acre a registrar caso positivo de Covid-19.  Por meio de um decreto, publicado no Diário Oficial Do Estado (DOE), o prefeito Elson Farias, estabeleceu novas medidas de enfrentamento à doença. Uma das medidas é a obrigatoriedade, de quem chega ao Jordão, de cumprir isolamento social em uma escola pública montada como “acampamento” para os visitantes.

“Aqueles que desejarem permanência ou trânsito no município de Jordão, terão que se dirigir para a Escola Municipal Bernardo Abdon da Silva, onde será feito o isolamento social por 14 (quatorze) dias. Caso não apresente sintomas para o novo coronavírus a pessoa que se encontrar em isolamento será liberada e advertida quanto as medidas de segurança que deve tomar para evitar contaminação pela doença pandêmica”, diz trecho da Lei.

O decreto estabelece ainda multa ou punição para os cidadãos que não se submeterem ou que burle os procedimentos sanitários, no valor de R$ 100 reais. O mesmo vale para aqueles que omitem informações sobre origem ou a apresentação de sintomas.

“Fica proibido o transporte de passageiros vindos de outras cidades que são foco de transmissão da COVID-19, realizados por barqueiros. Aquele que descumprir o que estabelece este artigo, terá multa de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) por passageiro transportado”, alerta um dos parágrafos.

Um dos pontos altos do decreto de lei diz respeito ao início do ano letivo. “As escolas Municipais, terão início o ano letivo a partir do dia 08 de Junho, com atividades extra escolares, seguindo os protocolos estabelecidos pela secretaria municipal de saúde e a equipe técnica de saúde que compõe o comitê MUNICIPAL de combate ao COVID-19”.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.