Atestado de óbito revela a causa da morte da Rainha Elizabeth II

Em 08 de setembro, o mundo se despediu da Rainha Elizabeth II. A morte da monarca aconteceu no Castelo de Balmoral, na Escócia, onde ela amava passar as férias de verão e também, onde escolheu viver seus últimos dias.

Aos 96 anos, Elizabeth II reinou por 70 anos e a causa da sua morte foi revelada no atestado de óbito, que foi divulgado pelo Registro Geral da Escócia, nesta quinta-feira, 29 de setembro.

O documento alega que a morte ocorreu por conta de “idade avançada” (old age), nesta quinta-feira. Também é possível notar no atestado que a Princesa Anne, filha da Rainha, estava junto à ela e acompanhou a documentação para o funeral.

De acordo com o historiador Robert Hardman, Elizabeth estava ciente das brigas que aconteciam dentro de sua família. “Ela sabia que os conflitos faziam parte da vida e não guardava rancor. Acima de tudo, ela queria ver sua família feliz”, disse ele em uma entrevista para a People.

A relação entre os irmãos sempre foi bastante conturbada e piorou ainda mais depois que Harry e sua esposa Meghan Markle decidiram sair da Realeza.

 

[O Fuxico]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.