Ronaldinho Gaúcho tem os bens bloqueados após deixar ex sem pensão

De boas curtindo a vida de “aposentado” no exterior, Ronaldinho Gaúcho tem um problemaço pra resolver aqui no Brasil. O ex-jogador de futebol está sob olhares atentos da justiça, que mandou penhorar parte de seus bens do atleta, além de bloquear suas contas bancárias. E essa determinação vai ficar em vigor até que ele faça o pagamento da pensão que deve à ex-noiva, Priscilla Coelho.

De acordo com o jornal Extra, o processo corre desde 2019 e já não cabe mais recurso. O pedido, no primeiro momento, era de cerca de R$ 100 mil por mês. Agora, com juros e correção monetária, a dívida chegou na casa dos milhões.

Ronaldinho, que deixou de jogar futebol profissionalmente há alguns anos, tinha até o último dia 28 de junho para cumprir a sentença. Priscila pedia pensão e reconhecimento de união estável. Contudo, a exemplo do que já havia feito anteriormente, o ex-jogador de futebol driblou a determinação e não cumpriu o que o juiz havia determinado.

Recentemente, o ex-craque esteve em Londres e apareceu em cliques ao lado de RicharlisonLucas Moura e Emerson Royal, que jogam no time inglês Tottenham Hotspur.

Recentemente, Priscilla havia culpado a Justiça pela demora no seu caso: “É lenta. Meu advogado está vendo o que fazer. Ainda não recebi nada. E pelo que gasta, isso é muito pouco para ele”, lamentou ela.

NA MÚSICA

Enquanto enfrente problemas com a pensão, Ronaldinho Gaúcho se dedica cada vez à “buena vida”. Apaixonado por música, em especial o pagode e a black music, o “Bruxo”, como o ex-atleta é chamado pelos fãs, inaugurou recentemente um estúdio e uma gravadora em Belo Horizonte.

A “Tropa do Bruxo” sediou, inclusive, o primeiro rap da carreira musical de Ronaldinho com direito até a clipe.

No período em que esteve preso no Paraguai, Ronaldinho chegou a compor um samba para Priscilla Alves.

“Sempre foi uma vontade dele, de se aposentar e viver disso”, disse ela.

 

[O Fuxico]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.