Roque, 1º funcionário do SBT, lembra longa parceria com Silvio e volta às gravações: "Chorei"

"Ô Roque!". É difícil falar do Programa Silvio Santos e não lembrar de Gonçalo Roque, 84 anos, fiel escudeiro do apresentador há décadas. Primeiro funcionário contratado pelo SBT há 40 anos, ele conversou com o NaTelinha relembrando como conheceu Silvio e falou ainda sobre a emoção do reencontro com o patrão após quase dois anos por conta da pandemia.

O dono da emissora retomou as gravações no fim de julho e cancelou as que estavam programadas na semana passada, após ser diagnosticado com Covid-19. "Chorei muito, quase dois anos parado e eu sendo o primeiro funcionário do Silvio Santos. Ficar tanto tempo sem fazer nada é duro. Ele me entregou um livro, cumprimentei ele, conversamos rapidinho e já tinha que começar o programa que a caravana estava esperando. O pessoal ficou muito feliz", contou Roque, que falou como foi a reação do patrão com o retorno.

"Vi alegria nele, ele nasceu para isso. Ele se tornou um dos homens mais queridos do Brasil. No dia que esse homem for embora, o Brasil para", disse. Por enquanto, Silvio segue de repouso em casa e, segundo a assessoria do SBT. "está muito bem e na reta final da quarentena".

[Fonte: Natelinha/Uol]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.