Jogador Daniel Alves é detido na Espanha

O jogador brasileiro Daniel Alves foi detido na Espanha nesta sexta-feira (20) por conta de um processo que responde por suposta agressão sexual, segundo a polícia de Barcelona.

A denúncia, em trâmite na Justiça da Catalunha, foi feita por uma mulher que estava na mesma festa de Alves, em uma boate da cidade, no fim de dezembro. Ele nega.

Ex-lateral do Barcelona e convocado para a seleção na Copa do Catar de 2022, Daniel Alves foi detido após prestar depoimento na manhã desta sexta-feira em uma delegacia de Barcelona.

De acordo com o jornal catalão "La Vanguardia", o brasileiro saiu do depoimento já detido e sob custódia judicial em um carro da polícia, que o levou a uma sede da Justiça catalã. Lá, um juiz decidirá se o jogador será liberado ou seguirá preso.

A polícia catalã ainda não informou o motivo pelo qual o jogador foi detido durante o depoimento - não havia um mandado de prisão inicial contra ele.

A polícia da Catalunha afirma que:

  • O suposto crime ocorreu na noite de 30 de dezembro de 2022, em uma boate em Barcelona;
  • A suposta vítima alegou ter sofrido a agressão sexual por Daniel Alves no local, e se queixou com funcionários da boate;
  • Segundo fontes policiais ouvidas pela agência de notícias Reuters, ela disse que o jogador a tocou debaixo de sua saia;
  • A direção da discoteca chamou a polícia, mas quando os policiais chegaram ao local, o brasileiro já havia ido embora, de acordo com a denúncia;
  • A polícia da Catalunha abriu então um inquérito para investigar o caso e, há dez dias, denunciou Daniel Alves à Justiça;
  • A Justiça então abriu uma investigação própria - na Espanha, juízes podem investigar um caso antes de levá-lo a julgamento;
  • Alves, portanto, ainda não é considerado réu;
  • Em entrevista a um programa de TV na Espanha, ele alegou que estava apenas dançando, sem invadir o espaço de ninguém.

    "Eu estive nesse lugar, e quem me conhece sabe que eu adoro dançar, mas sem invadir o espaço de ninguém, respeitando os espaços. E quando você vai ao banheiro não tem que perguntar quem está lá para usar o banheiro. Não sei quem é essa senhorita, nunca a vi. Nestes anos todos nunca invadi o espaço de ninguém sem autorização", declarou o jogador, que se queixou também dos danos da denúncia à sua família.

    Procurada pelo g1, a Justiça de Barcelona ainda não havia informado até quando Daniel Alves ficará detido até a última atualização desta notícia.

 

[G1]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.