Mônica Sangalo diz que irmão acusado de roubo morreu de mágoa

Mônica Sangalo se manifestou, na última segunda-feira (11), sobre a morte do irmão, Jesus. A veterana saiu em defesa do empresário que quando estava vivo foi acusado de roubo por Ivete.

“Há várias formas de morrer. Algumas suaves, outras nem tanto. Pode-se morrer de mágoa, que se disfarça em doenças de mil nomes”, escreveu a irmã da dupla nas redes sociais.

E continuou: “Por causa da tristeza a pessoa vai perdendo a vontade, vai cultivando a esperança vã de um dia, quem sabe, aquela dor passe, mas nunca passa. Há quem não aguente”.

Jesus e Ivete se desentenderam em 2011, quando ele foi demitido da equipe dela sob acusação de roubo. O caso, segundo o jornal “Extra”, chegou a ser levado pelo profissional à Justiça.

Indiretamente, Mônica criticou a irmã e a mídia. “Jesus foi acusado de ser ladrão. Que lástima. […] Nunca uma acusação foi tão vazia. Todo o seu trabalho foi passado por auditoria. Tudo foi posto em pratos limpos. Julgado e condenado pela crueldade parcial da imprensa, crucificado moralmente sem que ninguém saísse em sua defesa”, publicou.

 

 Famosidades


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.