Após ser agredido covardemente, Henri Castelli identifica responsáveis

RD1

Depois de fazer um relato sobre a agressão sofrida e chocar seus seguidores, Henri Castelli passou por exame de corpo de delito e abriu um boletim de ocorrência para que o fato seja investigado pela polícia.

Mas essa história ganhou um novo capítulo. De acordo com o portal G1, Henri passou pelo Instituto Médico Legal (IML) de Maceió, onde foi examinado em 31 de dezembro, após sofrer a agressão.

O advogado do ator, Marcelo Marcochi, contou que seu cliente reconheceu os suspeitos da agressão. “Ele registrou Boletim de Ocorrência na delegacia em Maceió e os suspeitos já foram identificados. Ele sofreu uma lesão corporal grave. O Henri foi agredido por trás e não viu quem o agrediu. Um amigo que conseguiu apartar. Foi ele que reconheceu os agressores e três pessoas foram identificadas”, disse.

Henri revelou, na noite da última segunda-feira (11), que foi agredido covardemente no final de 2020. O ator teve o maxilar fraturado, mas já passou por uma operação no último dia 7.

“Eu fui agredido covardemente, sem que eu pudesse reagir ou me defender. Eu estava com alguns amigos e, do nada, fui puxado pelas costas, pelo pescoço, jogado no chão e agredido. Vítima de socos e chutes no rosto, que levaram a uma fratura exposta na minha mandíbula”, relatou o artista global.

“A impressão que eu tinha é de que minha boca estava pendurada naquele momento. Os vídeos serão juntados ao processo. O médico e sua equipe optaram por amarrar a minha boca com um fio de aço para que eu fizesse a cirurgia em São Paulo e pudesse cumprir meus compromissos de trabalho”, disse o ator.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.