Fofocalizando vence Prova de Amor e garante vice-liderança para o SBT

O Fofocalizando venceu a reprise de Prova de Amor (2005) e garantiu a vice-liderança para o SBT na última terça-feira (8). Na sequência, porém, o Casos de Família não suportou à concorrência mais pesada e caiu para a quarta posição. De acordo com dados da Kantar Ibope na Grande São Paulo obtidos pelo NaTelinha junto a fontes do mercado, o programa apresentado por Chris Flores consolidou com 5,1 pontos, pico de 6,2 e 10,6% de participação, das 15h20 às 16h30. Já a atração de Christina Rocha registrou 4,7 de média, enquanto o Brasil Urgente obteve 4,8, a Record teve 5,4 pontos e a Globo, 15,3 de média. 

Prova de Amor enfrentou o Fofocalizando e só conseguiu a terceira colocação ao anotar 5,0 pontos, pico de 8,1 e share de 10,3%. Em compensação, na faixa noturna, o Power Couple se beneficiou com o jogo da seleção brasileira na Globo e bateu recorde ao atingir 7,1 de média. Falando em seleção brasileira, a equipe olímpica liderou a audiência, mas não com números expressivos. O jogo na faixa vespertina consolidou com 10,8 pontos, tendo 13,8 de pico e 22,9% de participação. À noite, o Brasil principal enfrentou o Paraguai pelas Eliminatórias e conquistou média de 24,2.

[Fonte: Natelinha/Uol]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.