Vitória da Argentina nos pênaltis leva SBT à liderança com a Copa América

A classificação da Argentina para a final da Copa América nos pênaltis, diante da Colômbia, rendeu ao SBT a liderança de audiência durante 21 minutos consecutivos na noite dessa terça-feira (6). Na média, fechou com 66% mais audiência que a Record.

Transmitida das 22h01 à 00h10, a partida registrou 11,1 pontos de média, pico de 13,3 e share de 20%, segundo dados consolidados da Kantar Ibope na Grande SP obtidos pelo NaTelinha. Na mesma faixa, a Globo liderou com 17,7 e a Record atingiu 6,7, com a novela Topíssima, o reality Power Couple Brasil e a série Chicago Med.

O jogo, que teve narração de Luiz Alano, comentários de Mauro Cézar Pereira, análise de arbitragem de Nadine Basttos e reportagem de Fernanda Arantes, alcançou 1,7 milhão de lares e 2,2 milhões de pessoas. Comparando com a terça passada (29), quando exibiu Chiquititas, Programa do Ratinho e Cine Espetacular, a audiência do SBT cresceu 69% na faixa. 

Final da Copa América no SBT A grande final da Copa América, entre Brasil e Argentina, acontece no próximo sábado (10), a partir das 21h, com transmissão do SBT. A emissora prepara uma grande cobertura, iniciando o pré-jogo uma hora antes, sob comando de Benjamin Back e o time do Arena SBT.

Téo José, Mauro Beting, Edmílson e Nadine Basttos comandarão os trabalhos diretamente do palco da decisão, no Maracanã, Rio de Janeiro. As reportagens serão de André Galvão e Fernanda Arantes. Após a partida, o SBT seguirá no ar até a entrega do troféu. A emissora espera bater recorde de audiência da Copa América, superando a partida da última segunda (5), quando o Brasil bateu o Peru por 1 a 0.

Na ocasião, a transmissão registrou 14,7 pontos de média e pico de 17,3 na Grande São Paulo. Com o fim da competição, o SBT retoma na próxima terça (13) a exibição da Libertadores da América, com São Paulo x Racing. Em agosto, o canal também começa a mostrar a Champions League.

[Fonte: Natelinha/Uol]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.