Porta-voz da PM liga para Fátima Bernardes ao vivo e ouve poucas e boas

Fátima Bernardes abordou, durante o Encontro desta terça-feira (3), o caso da tragédia que deixou nove mortos em Paraisópolis dois dias antes, e acabou recebendo a ligação de uma porta-voz da PM ao vivo.

Cibele Marsolla tentou se explicar e afirmou: “O policiamento no entorno (do baile funk) é feito para inibir os crimes. Às cinco da manhã, uma moto apareceu atirando nos policiais. Os policiais que sofreram a agressão foram atrás”.

“Mas essa moto adentrou o baile funk, atirando. Nesse momento, acreditamos que isso tenha provocado o tumulto e a correria”, disparou, sendo interrompida por Fátima Bernardes, que não abriu mão de dizer o que pensava.

“Me desculpe interrompê-la, major, mas não seria o caso de avaliar se seria mais interessante correr atrás de duas pessoas ou enfrentar a multidão? Recuar não teria sido mais razoável naquele momento?”, questionou.

“Foi exatamente isso que você falou que aconteceu. Os policiais chegaram até certo ponto”, retrucou a porta-voz, e Fátima rebateu, dizendo: “Mas temos imagens de policiais batendo em pessoas num beco”.

“Num beco, elas estavam encurraladas. Isso não é um trabalho de prevenção”, afirmou. “Todas as imagens serão apuradas. Não sabemos dizer o que seria real. Tem pessoas dizendo que as imagens não são daquele dia”, devolveu a PM.

Foi aí que Fátima Bernardes deu a resposta final, que repercutiu positivamente nas redes sociais: “O que é real é que tem mãe que identificou filho caído naquelas imagens. E ele está enterrado hoje”.

 

rd1


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.