Vitória de Juliette bomba no Ibope, mas final do BBB21 é menos vista que 2020

A final do BBB21 foi o programa mais assistido da TV na última terça-feira (4) e ficou marcada pela vitória de Juliette, que é a nova milionária do Brasil. O último episódio da edição deste ano não conseguiu superar a revelação da campeã Thelma em 2020, que é o melhor Ibope da década, por apenas um décimo. De acordo com os dados da Kantar Ibope na Grande São Paulo obtidos pelo NaTelinha junto a fontes do mercado, a decisão do BBB21 consolidou com 34,1 pontos de média. 

No ano passado, a final teve 34,2. Com a morte de Paulo Gustavo, a Globo fez um Flash Jornalismo relembrando a carreira do ator e registrou 33,1 pontos. Ti Ti Ti deu recorde negativo ao fechar com 13,8 pontos. O Balanço Geral SP garantiu a vice-liderança para a Record e conquistou 7,5 pontos, mas Belaventura (2017) anotou apenas 4,5 de média. O filme Anaconda 4 – Rastro do Sangue, exibido no Cine Record Especial, obteve 2,8.

O Palmeiras venceu o Defensa y Justicia por 2 a 1 pela Taça Libertadores da América, e registrou a melhor audiência do SBT, ficando com 7,3 pontos. Porém, o Programa do Ratinho está em baixa e alcançou apenas 3,0 de média. O Vem Pra Cá reagiu e consolidou com 3,0. No Rio, LDU x Flamengo alcançou o melhor Ibope da competição até aqui, com 17,3 pontos de média. 

[Natelinha]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.