Galvão Bueno relata ameaças de morte por causa de fake news

O narrador Galvão Bueno revelou nesta segunda-feira, 2, que recebeu ofensas e ameaças de morte devido à disseminação de uma notícia falsa envolvendo um vídeo antigo. Na semana passada, depois da eliminação do Palmeiras diante do Grêmio na Copa Libertadores, espalhou-se pelas redes sociais um vídeo que, segundo os rumores, mostraria o principal locutor da Rede Globo comemorando efusivamente os gols do clube gaúcho. Durante o programa Bem, Amigos!, do SporTV, Galvão explicou o ocorrido.

O vídeo em questão, gravado nos bastidores da Globo, mostrava, na verdade, Galvão celebrando o gol do Grêmio na semifinal do Mundial de Clubes de 2017, diante do Pachuca.

“Eu sei o que passei nesses últimos dias, até com ameaça de morte nas redes sociais. E o pior que foi alguém de dentro da casa que fez uma filmagem de uma transmissão, em que eu narrava um gol do Grêmio. Arnaldo Cezar Coelho estava do meu lado. Ele parou em dezembro do ano passado. E quem eu cumprimento na hora do gol é o Arthur, campeão com o Grêmio da Libertadores, que estava machucado e não pôde ir para o Mundial de Clubes, e comentou o jogo conosco”, explicou Galvão.

“O jogo é de dezembro de 2017, semifinal do Mundial de Clubes. O Grêmio era o Brasil no Mundial. Foi colocado nas redes sociais e viralizou como se fosse a narração do gol do Grêmio contra o Palmeiras nas quartas de final da Libertadores. Jogo que a Globo nem transmitiu. Eu assisti de Porto Alegre. O que eu fui xingado é coisa de louco. Até aí tudo bem, mas ameaça de morte? Mais respeito, mais calma!”, protestou Galvão.

 

 

Placar

 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.