Lilia Schwarcz critica Beyoncé e ‘apanha’ nas redes sociais

Causou alvoroço o lançamento de Black is King, novo trabalho de Beyoncé lançado em 31 de julho. Os elogios explodiram na rede, mas houve quem criticasse a obra, caso da historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, que escreveu um texto em sua coluna da Folha de S. Paulo analisando o álbum visual.

Intitulado “Filme de Beyoncé erra ao glamorizar negritude com estampa de oncinha”, a estudiosa defende que a “diva pop precisa entender que a luta antirracista não se faz só com pompa, artifício hollywoodiano, brilho e cristal”. A estudiosa diz que são inegáveis as qualidades de ‘Black is King’, mas que imagens estereotipadas que criam uma África caricata causam estranheza. 

O texto em tom crítico não foi bem recebido nas redes, principalmente pelas pessoas negras, que dizem que Schwarcz não pode querer ensinar aos negros a como se expressar. A cantora Iza foi uma das que se pronunciou. “Meu anjo, quem precisa entender sou eu. Eu preciso entender que privilégio é esse que te faz pensar que você tem alguma autoridade para ensinar uma mulher negra como ela deve falar ou não sobre seu povo. Se eu fosse você (valeu, Deus), estaria com vergonha. Agora melhore!”, criticou a cantora. 

Em postagem no Instagram, Schwarcz foi duramente criticada por sua visão.

As opiniões de Lilia Schwarcz costumam causar reações. Em fevereiro de 2019, por exemplo, ela foi uma das primeiras pessoas a criticar foto de Donata Meirelles, então diretora da Vogue Brasil, ao lado de mulheres negras em festa da revista. 

 

Veja São Paulo


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.