Dunga é o mais cotado para ser anunciado na terça-feira como técnico da Seleção Brasileira

Um dos nomes especulados após a saída de Luiz Felipe Scolari para assumir a Seleção Brasileira, Muricy Ramalho já declarou que "não se empolga" com a possibilidade. E neste sábado, após a derrota do São Paulo por 1 a 0 para a Chapecoense no Morumbi, o treinador também mostrou que não vê problemas em falar mais sobre o assunto CBF. Questionado sobre a possível volta de Dunga ao comando do time nacional, o técnico tricolor lembrou que o trabalho do ex-volante foi excelente até o primeiro tempo do jogo contra a Holanda, pelas quartas de final da Copa de 2010.

"Acho que a gente tem que ser realista para analisar, não pode se analisar pela simpatia. O trabalho que ele fez foi muito bom, o resultado que ele teve. Até o meio tempo, da Holanda, estava perfeito o trabalho, mas é futebol. Em 45 minutos, mudou totalmente a vida dele e da Seleção", afirmou, lembrando da derrota de virada para os holandeses, por 2 a 1, nas quartas de final do Mundial da África do Sul.

SAIBA MAIS
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Rádio: Dunga assina contrato com CBF e volta à Seleção
Foto: Mike Hewitt / Getty Images
Volta de Dunga ganha força com "sumiço" e silêncio da CBF
Muricy lembrou que há outros técnicos capacitados para assumir o cargo e citou o ex-corintiano Tite como exemplo, mas foi irônico ao dizer que "não entende muito" como funciona a mentalidade dos dirigentes da CBF. Em 2010, antes de Mano Menezes ser contratado para a Seleção, ele se reuniu com o então presidente Ricardo Teixeira, mas decidiu permanecer no Fluminense ao invés de ir para a Seleção.

"(O Dunga) ganhou as competições que disputou. ?? difícil futebol, porque um meio tempo só mudou tudo. Pelo trabalho que fez, mesmo não tendo uma experiência grande como treinador na época, foi muito bom. Se for ele mesmo o contratado, eu acho que está bem... Mas a gente não entende muito o pensamento deles lá", disse o treinador.A CBF já confirmou que vai anunciar oficialmente o novo técnico da Seleção na próxima terça, às 11h. O nome de Dunga é o mais cotado, e segundo a Rádio Jovem Pan, o contrato para o retorno do treinador já foi até assinado.


Fonte: Terra

Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.