Pelé recebe alta do hospital após um mês internado

Acabou a longa espera. Um mês depois de ser internado, Pelé recebeu alta e deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta quinta-feira. O boletim médico divulgado pelo hospital informa também que o Rei seguirá em quimioterapia após a retirada do tumor no intestino, em 4 de setembro. "Edson Arantes do Nascimento recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein na manhã desta quinta-feira, 30 de setembro de 2021. O paciente encontra-se estável e seguirá em quimioterapia, após a cirurgia de retirada de tumor no intestino, realizada em 04 de setembro", diz a nota do Albert Einstein.

O Rei foi informado ainda pela manhã de que ganharia alta. Foram 30 dias internado – desde 31 de agosto. No dia 4 de setembro, Pelé passou por uma cirurgia para retirada de um tumor no cólon, uma parte do intestino, e ficou na UTI. Dez dias depois, o ex-jogador, de 80 anos, foi transferido para um quarto.  Nos últimos dias, Pelé e familiares usaram as redes sociais para informar os fãs sobre o estado de saúde do ídolo. Na última terça, ele divulgou um vídeo fazendo exercício com uma bola ao lado de sua fisioterapeuta. Na legenda, escreveu:

– A fisioterapeuta Kamila está me auxiliando no aquecimento para voltar aos gramados. Não importa o tamanho do desafio. O segredo é comemorar a cada pequena vitória no caminho. 

Na segunda, Kely Nascimento, uma das filhas de Pelé, postou imagem do pai com o cabelo pintado. Nos dias anteriores, ela havia mostrado o pai jogando baralho e cantando uma música do Santos. Pelé também divulgou um vídeo fazendo exercício em uma bicicleta ergométrica. Na postagem, ele mostrou bom humor:

– Amigos, envio esse vídeo que a minha esposa fez hoje, para dividir com vocês a minha alegria. Estou cercado de carinho e de incentivos para me sentir um pouco melhor todos os dias. Pedalando desse jeito, em breve eu volto pra Santos, não acham?

[Globo.com]

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.