Flamengo busca o empate com o Internacional no fim em jogaço no Beira-Rio

Gazeta Esportiva

Internacional e Flamengo fizeram um grande jogo na noite deste domingo no choque de líderes do Campeonato Brasileiro, em Porto Alegre. O confronto da 18ª rodada terminou com o empate em 2 a 2. Os gols do jogo, foram marcados por Abel Hernández e Thiago Galhardo, para o Inter, e Pedro, para o Rubro-Negro, no primeiro tempo. Nos acréscimos, Everton Ribeiro fechou o placar.

Com o resultado, Internacional e Flamengo foram aos 35 pontos no topo da tabela, com o Colorado na liderança por conta do saldo de gols. No meio da semana, os dois times terão compromissos pela Copa do Brasil. Enquanto os cariocas visitam o Athletico Paranaense na quarta-feira, às 21h30, os gaúchos enfrentam o Atlético-GO fora de casa no mesmo dia, às 19h.

O Jogo – A partida no Beira-Rio começou em alta intensidade. O Inter, ao seu estilo, adiantou a marcação e pressionou a saída de bola do Flamengo. A estratégia rendeu bons dividendos ao Colorado, que se aproveitou dos erros do adversário.

Logo aos seis minutos, o lateral Isla tinha a bola dominada e driblou Patrick. Entretanto, o chileno deixou a bola correr e Patrick tomou-lhe a frente e cruzou rasteiro pro meio da área. Livre, Abel Hernández mandou para a rede.

O Flamengo reagiu rápido e em apenas quatro minutos chegou ao empate. Pedro recebeu na intermediária e, com um drible de corpo se livrou do marcador. O artilheiro partiu em direção ao gol, se aproximou da área e chutou certeiro no canto de Marcelo Lomba.

O Inter manteve a intensidade na marcação e recebeu um presente aos 24. Pressionado, Gustavo Henrique atrasou para o goleiro e acabou lançando Thiago Galhardo, que dominou e tocou na saída de Hugo.

O Rubro-Negro sentiu o gol e tentou cadenciar o jogo, enquanto o Inter era mais agressivo e teve uma chance clara aos 37. Thiago Galhardo disparou pela direita e recebeu o lançamento. Ele entrou na área e tentou bater na saída de Hugo, mas o goleiro do Fla fez excelente defesa.

O jogo continuou movimentado no segundo tempo. O Flamengo voltou mais ligado e foi se impondo no Beira-Rio. Dome inverteu as posições de Gerson, que voltou a atuar centralizado, e Vitinho que foi para a ponta esquerda.

O Inter passou a jogar atrás da bola e a buscar o contra-ataque. E a primeira chance de gol foi do Colorado. Aos 4, Edenílson cruzou, Abel Hernández ajeitou e Marcos Guilherme bateu de primeira na trave.

O Flamengo chegou com vontade e criou chances incríveis mas a bola não entrava. Aos 12, Pedro recebeu de Isla e batru cruzado. Lomba deu rebote e Filipe Luís acertou o travessão.

Vitinho recebeu na área aos 21, driblou Lomba e perdeu um pouco o ângulo. O chute foi cortado por Heitor, mas Pedro pegou o rebote e, de frente para o gol e novamente Heitor salvou.

O Inter foi se fechando cada vez mais e os lances violentos se sucedendo. A equipe colorada terminou o jogo com seis cartões amarelos.

O Flamengo pressionou até o apito final, e conseguiu vencer a melhor defesa do Campeonato nos acréscimos. Aos 50 minutos, Gerson dominou pela esquerda perto da linha da área e cruzou pelo alto. Everton Ribeiro, no meio da zaga, desviou de cabeça.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL-RS 2 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: Domingo, 25/10/2020

Horário: 18h15 (Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Cartões amarelos: Rodrigo Lindoso, Danilo Fernandes, Marcelo Lomba, Thiago Galhardo, Rodrigo Moledo, Rodrigo Dourado (Inter), Thiago Maia, Vitinho, Gustavo Henrique, Natan, Willian Arão (Fla)

Gols:

INTER: Abel Hernández, aos 6, Thiago Galhardo, aos 24 min do 1º tempo

FLAMENGO: Pedro, aos 10 min do 1º tempo; Everton Ribeiro, aos 50 min do 2º tempo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Zé Gabriel, Rodrigo Moledo e Uendel (Moisés); Rodrigo Lindoso (Musto), Edenilson, Marcos Guilherme (Rodrigo Dourado) e Patrick; Thiago Galhardo (Potker) e Abel Hernández (D’Alessandro)

Técnico: Eduardo Coudet

FLAMENGO: Hugo Souza, Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís; Willian Arão (Lincoln), Thiago Maia, Gerson e Vitinho (Michael); Everton Ribeiro e Pedro (Léo Pereira)


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.