Palmeiras atropela o Santos e conquista o inédito título da Copinha

Tem Copinha, sim!

O Palmeiras acabou em grande estilo com uma das brincadeiras dos rivais que mais o atormentava. Com uma exibição de gala no primeiro tempo, o Verdão goleou o Santos por 4 a 0, nesta terça-feira, no Allianz Parque, e conquistou seu primeiro título na história da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Endrick, Giovani e Gabriel Silva praticamente acabaram com a decisão em apenas 15 minutos de jogo. Gabriel Silva fez mais um no início da etapa final e garantiu a taça.

Endrick: craque e golaço

Autor do primeiro gol da final, o garoto de 15 anos foi eleito o craque da Copinha 2022 em votação feita pelo ge e ainda conquistou o Prêmio Dener com o gol mais bonito, anotado na semifinal, com uma meia-bicicleta contra o Oeste.

Primeiro tempo

Foi um show alviverde. O Palmeiras ficou com a bola no início do jogo e não demorou a abrir o placar. Aos cinco minutos, após cruzamento da esquerda, Endrick apareceu entre os zagueiros e desviou sem chances de defesa. E tinha mais. Aos 11, Giovani recebeu pela direita, cortou para dentro e acertou um lindo chute, por cima do goleiro santista. O título foi decidido ainda nos instantes iniciais do jogo. Aos 15, Gabriel Silva cobrou falta, a bola desviou na barreira e entrou. A enorme vantagem fez o Palmeiras diminuir o ímpeto, mas ainda assim com o domínio da partida. O Santos em nenhum momento mostrou força para reagir. No fim, o Peixe ainda perdeu o zagueiro Derick, expulso.

Segundo tempo

O Santos voltou para o segundo tempo ainda sonhando com uma reação. Fernandinho, aos dois minutos, levou perigo em chute de fora da área. Mas o Palmeiras continuou perigoso. Logo em seguida, Giovani apareceu livre na área e parou no goleiro Diógenes. O quarto saiu logo depois. Gabriel Silva, de cabeça, anotou o quarto, aos oito minutos. A partir disso, o Verdão passou a gastar o tempo à espera do apito final. Ainda assim, chegou a carimbar a trave. O Peixe ainda tentou com algumas modificações na equipe, mas o time já não tinha ânimo para buscar ao menos o primeiro gol.

[Globo.com]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.