Bruno marca pela primeira vez após prisão; web repercute caso

Lance

O goleiro Bruno voltou a marcar após mais de dez anos. O jogador, que cumpre sentença em regime semiaberto pelo homicídio da modelo Eliza Samúdio e cárcere privado, balançou a rede em cobrança de pênalti no empate por 1 a 1 entre Rio Branco-AC e Bragantino-PA, pela Série D do Campeonato Brasileiro.

O último gol do goleiro foi em 26 de maio de 2010, quando marcou na derrota do Flamengo por 2 a 1, no clássico contra o Fluminense. Condenado a 20 anos pela morte da modelo, Bruno tentou retomar as atividades no futebol em 2017 e 2019, mas somente em agosto deste ano voltou a entrar em campo.

Nas redes sociais, os internautas comentaram sobre o gol marcado pelo goleiro e criticaram na publicação do Rio Branco-AC.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.