Cruzeiro recebe Vasco tentando garantir o acesso à Série A

Mirando o retorno à Série A, o Cruzeiro recebe o Vasco, a partir das 21h (horário de Brasília) desta quarta-feira (21) no estádio do Mineirão, pela 31ª rodada da Série B do Brasileiro. A Rádio Nacional transmite o jogão de bola ao vivo.

Liderando com folga a competição, com 65 pontos, 12 de vantagem sobre o vice-líder Grêmio, a Raposa se garante matematicamente na Primeira Divisão de 2023 caso some mais três pontos nesta quarta. Chegando ao total de 68 pontos, o Cruzeiro garante lugar cativo no G4 da classificação, isto porque ou Vasco (4º colocado com 48 pontos) ou Londrina (5º com 45 pontos) não conseguirão ultrapassar a Raposa. Isso acontece porque o Cruzmaltino e o Tubarão ainda medem forças até o final da temporada.

Segundo o técnico uruguaio Paulo Pezzolano, a possível confirmação matemática do acesso é o grande objetivo da Raposa na temporada: “Sim, será um dia importante quando alcançarmos o acesso matemático. Isto porque fechamos o objetivo mais importante que tínhamos no ano”.

Porém, para cumprir esta meta o treinador terá dois desfalques em sua equipe titular: Jajá, que sofreu uma lesão na coxa esquerda, e Matheus Bidu, fora por questões particulares. Desta forma o uruguaio deve escalar o seguinte time: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Lucas Oliveira e Zé Ivaldo; Filipe Machado, Neto Moura, Geovane Jesus, Bruno Rodrigues, Luvannor e Daniel Júnior; Edu.

Do outro lado do gramado estará um Vasco embalado, que vem de goleada de 4 a 1 sobre o Náutico. E o atual 4º colocado da Série B confia demais no seu camisa 9, o atacante Raniel.

O jogador, que já tem nove gols na competição, afirma que, apesar da dificuldade, vencer o Cruzeiro é possível: “São duas equipes gigantes do futebol brasileiro, e sabemos que tudo é possível. E não é impossível de irmos lá e vencermos o Cruzeiro. E vamos lá para isso. Mas com os pés no chão, sabendo que vamos enfrentar uma grande equipe”.

E para alcançar o triunfo fora de casa, o técnico Jorginho tem a possibilidade de repetir a equipe que goleou o Náutico: Thiago Rodrigues; Leo Matos, Danilo Boza, Anderson Conceição e Paulo Victor; Yuri Lara, Andrey Santos, Nenê e Marlon Gomes; Eguinaldo e Raniel.

 

[Agência Brasil]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.