André Rizek paga indenização pesada por matéria na Revista Placar

O jornalista e apresentador do "Grupo Globo" André Rizek pagou sozinho uma bagatela de R$ 396 mil uma dívida na Justiça. A indenização encerrou um processo antigo que corria contra ele e o "Grupo Abril", onde Rizek trabalhou na "Revista Placar" e assinou a matéria "As Histórias dos Aspirantes". Nela, o jornalista apontava um suposto caso de comercialização de drogas nas categorias de base no Brasil.

A ação foi movida por um ex-atleta da base do Corinthians, Sérgio Jesus, que estava citado na matéria - que foi publicada em março de 2001. Em 2003, Sérgio acionou a Justiça por danos morais. Na época, tanto a Abril como Rizek foram condenados a pagar R$ 50 mil solidariamente. Contudo, o "Grupo Abril" entrou em recuperação judicial e a quantia caiu no colo de Rizek. 

Com juros e correções, o valor subiu de R$ 50 mil para exatos R$ 396.296, 78. Ao "Uol", os representantes judiciais de Rizek afirmaram que a "Abril" constrangeu Rizek ao deixá-lo pagar sozinho o monte, e aguarda a editora entra em acordo com o apresentador do "SporTV".

- De fato, o André Rizek foi constrangido a pagar dívida que era de seu ex-empregador, o Grupo Abril. Em razão disso, dele se tornou credor. Nenhum empregado deveria ter de pagar dívida de empresa para a qual trabalha, muito menos nas especiais circunstâncias em que tal ocorreu no caso concreto - disse Maurício Pessoa, advogado de Rizek.

Segundo as informações do portal, a editora chegou a enviar uma notificação a Rizek se responsabilizando pelo valor em caso de condenação. 

SEGUNDA CONDENAÇÃO E VAQUINHA
Rizek ainda foi teve que lidar com outra ação do tipo pela referida matéria. O jornalista desembolsou sozinho também cerca de R$ 620 mil em outra indenização, onde, segundo o portal, a editoria teria arcado com R$ 310 mil. 

A Justiça entende que Rizek não conseguiu provar que a matéria apresentava fatos verídicos. Sem a ajuda financeira da "Abril", o jornalista apelou para os amigos. Um valor teria sido arrecadado, de acordo com o portal, para pagar a indenização. Um imóvel teria sido colocado em penhora, mas, Rizek conseguiu impedir judicialmente o ato e quitou a dívida.

 

Lance!


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.