Draxler confirma briga com Neymar no vestiário do PSG e brinca: 'Quando acontece com ele, o assunto acaba na imprensa'

A forte discussão entre Julian Draxler e Neymar, nos vestiários do Paris Saint-Germain, ganhou mais detalhes na última edição da revista Kicker, que ouviu o caso diretamente da boca do jogador alemão.

“Não estava de acordo com ele, como pode acontecer com qualquer companheiro. Quando se passa com Neymar, o assunto acaba na imprensa”, comentou o jogador, rindo da situação que acabou sendo primeiramente publicada pelo francês Le Parisien.

“Foi uma coisa durante a partida. Estava cansado, o tom de voz subiu, uma palavra levou a outra, mas voltou a acalmar. Nada especial, diria, mas mostrou que neste momento não estávamos nas melhores condições mentalmente”, lembrou.

O caso aconteceu após a derrota frente ao Montpellier com uma virada nos minutos finais. O diário francês chegou a relatar que o técnico Thomas Tuchel e o diretor esportivo Antero Henrique tiveram que separar os dois.

Segundo a publicação, o alemão teria culpado Neymar pela derrota por ser “muito individualista”, e o brasileiro teria respondido questionando quem era Draxler para falar com ele, completando com um “Só dá passes para trás”.

Depois da publicação do Le Parisien, o Paris Saint-Germain chegou a publicar em suas redes sociais uma mensagem desmentindo o relato, que agora foi confirmado, em parte, por um dos envolvidos.

 

ESPN


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.