São Paulo lança nova camisa 2 inspirada no título da Libertadores de 92

O São Paulo lançou hoje a sua nova camisa 2 para a temporada de 2022/23. O modelo, que segue o padrão da equipe na cor vermelha e com listras brancas e pretas, é inspirado nos 30 anos da conquista da Libertadores de 1992.

"De São Paulo tens o nome, que ostentas dignamente. A nova camisa II do Tricolor homenageia os 30 anos da primeira conquista continental", escreveu o clube no post de divulgação com a Adidas A vestimenta já está disponível para compra no site da fornecedora de material esportivo. Os modelos masculino e feminino estão sendo comercializado por R$ 299,99, enquanto a versão infantil custa R$ 249,99.

Em 1992, o São Paulo foi campeão continental pela primeira vez. Além disso, a equipe também se sagrou campeã mundial naquele ano. Depois, o Tricolor conquistou a América do Sul e o mundo mais duas vezes: em 1993 e em 2005. Além disso, o clube foi campeão da Recopa-Sul-Americana (1993 e 1994), da Supercopa da Libertadores (1993) e da Sul-Americana (2012). Em fevereiro deste ano, o Tricolor paulista lançou a nova camisa principal para a temporada, que também fazia homenagem às conquistas de 30 anos atrás.

 

[Uol]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.