Defesa Civil aluga barcos para atender desabrigados na capital acreana

Com a cheia do Rio Acre desabrigando cada vez mais pessoas em Rio Branco, o desafio de atender a todos os que precisam deixar suas residências se torna ainda maior.

Um dos principais problemas enfrentados é a falta de barcos para atender essa demanda.  A Defesa Civil Estadual, junto com o Corpo de Bombeiros, decidiu alugar barcos para socorrer os desabrigados.

“No momento em que Rio Branco está em situação de calamidade pública, nós estamos com dificuldades de atender todos os chamados de pessoas desabrigadas. Apelamos aos proprietários de barcos com motores que procurem o Corpo de Bombeiros, a fim de alugarmos esses equipamentos”, informou o coronel Batista, coordenador da Defesa Civil Estadual.

Quem dispõe desse tipo de veículo e tem interesse em alugá-lo deve se dirigir ao quartel do Corpo de Bombeiros, na Estrada da Usina, 669, bairro Morada do Sol.

 

Agência de Notícias do Acre


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.