TRE-AC e TRE-TO desenvolvem aplicativo para eleitor auditar resultado das urnas

A partir das Eleições de 2016 será possível o eleitor auditar o resultado das seções eleitorais. É que o Tribunal Superior Eleitoral vai disponibilizar um aplicativo com a tecnologia QRcode, que vem sido desenvolvido pelos Tribunais Regionais Eleitorais do Acre e de Tocantins, para que o cidadão tenha acesso aos boletins de urna direto da seção eleitoral para acompanhar a apuração do resultado das eleições.

O analista de sistemas do TRE-TO, Alexandre Oliveira, está em Rio Branco desde segunda-feira, 14, acompanhando o subgrupo de trabalho do TRE-AC em mais uma fase de desenvolvimento do aplicativo. “O desenvolvimento do aplicativo é colaborativo e começou em 2015. Nas eleições deste ano ele será disponibilizado pela Justiça Eleitoral para todo o Brasil”, enfatiza.

Para a secretária de Tecnologia da Informação do TRE-AC, Rosana Magalhães, essa tecnologia veio para dar mais transparência ao processo eleitoral. O QRcode ou Código QR – código de barras em 2D, que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica – poderá ser utilizado por eleitores e fiscais de partidos políticos, de forma rápida, segura e simplificada, assim que o boletim de urna for impresso nas seções.

“O boletim de urna já era disponibilizado de duas formas para o cidadão: afixado nas portas das seções e publicado na internet três dias após as eleições. Com o aplicativo, o cidadão vai poder comparar, com muito mais segurança e tranquilidade, se o resultado de uma seção corresponde àquele que foi totalizado”, destacou a secretária.

Este será um dos novos aplicativos para sistemas operacionais iOS e Android, entre vários que serão oferecidos pela Justiça Eleitoral para as eleições de 2016. Nas eleições 2014 já foi possível baixar aplicativos que permitiam consultar informações sobre candidatos, pesquisar locais de votação e pontos de entrega da justificativa eleitoral, além de acompanhar, em tempo real, a apuração dos votos. A inclusão do Código QR nos Boletins de Urna foi aprovada pelo Grupo de Trabalho (GT) do Ecossistema da Urna Eletrônica, durante uma reunião na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Assessoria


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.