Marcus Alexandre comemora a vitória ao lado da família

O candidato pelo Partido dos Trabalhadores, Marcus Alexandre, venceu a disputa pela prefeitura de Rio Branco neste domingo (02) e garantiu a continuidade da hegemonia do PT no Acre. O partido já controla o executivo da capital e o governo do estado, onde está no comando desde 1999. Com 100% das urnas apuradas, Alexandre recebeu 54,87% dos votos válidos.

Os candidatos concorrentes, respectivamente, receberam, Eliane Sinhasique 32,02% (PMDB), Carlos Gomes 8,28 (REDE) e Raimundo Vaz (PR) 4,84%. As abstenções chegaram 15,87%, brancos 1,59% e nulos 4,70%.

Nascido em Ribeirão Preto (SP), Marcus Alexandre mora no Acre desde 1999. Engenheiro civil de 39 anos, ele ocupou a direção do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre de 2007 a 2012, quando ganhou sua primeira eleição para a prefeitura de Rio Branco.

Nestas eleições, durante toda a campanha ele recebeu apoio do governador, Tião Viana e também do Senador, Jorge Viana. Além das campanhas eleitorais gratuitas, Marcus Alexandre realizou caminhadas em vários bairros de Rio Branco, participou dos debates e ainda de reuniões entre jovens. 

Veja também a relação dos vereadores eleitos em Rio Branco

Dos 293 candidatos que disputavam o cargo de vereador nestas eleições, apenas 17 foram eleitos por maioria de votos válidos, em Rio Branco.

De maneira geral. O tribunal Regional Eleitoral avaliou as eleições deste ano extremamente tranqüilas, já que em todo o estado, aconteceram apenas 16 ocorrências envolvendo crimes eleitorais, sendo, oito por bocas de urna, três por corrupção eleitoral, dois por transporte irregular, um por propaganda irregular e ainda dois por outros eventos relacionados.

Três destes crimes eleitorais envolveram candidatos, um deles foi preso por boca de urna e outro por transporte irregular na capital, já no interior houve apenas um que cometeu crime de boca de urna.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.