Nenhuma ocorrência policial foi registrada nos três primeiro dias de SBPC , afirma Polícia Civil

 

Wanglézio Braga

“Nenhuma ocorrência foi registrada nos três primeiros dias de SBPC”, assim afirmou o agente de Polícia Civil, Nayck Trindade ao fazer um balanço das atividades no Posto de Segurança da 66ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) que acontece entre os dias 22 a 27 de Julho na Universidade Federal do Acre.

De acordo com Box da Delegacia Itinerante nenhum roubo, furto e agressão foram registrados pela polícia durante os dias três primeiros dias. O fato chamou atenção dos organizadores do evento e até mesmo dos próprios agentes de segurança.

“O nosso Box foi criado para registrar as ocorrências dentro da Universidade e encaminhar para as delegacias de cada jurisdição. Ou seja, se tivermos uma agressão a mulher, Boletim de Ocorrência (BO) é feito aqui e encaminhamos para a DEAM”, explicou.

Para proporcionar segurança dentro da Instituição nos dias de SBPC, um acordo entre as policias e até com o exercito brasileiro foi assinado. Participam da força de segurança a Polícia Civil e Militar do Acre, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e soldados do Exército.

Quem circula pelos espaços aprovou a iniciativa. “Aqui nós andamos livremente! Tem muita segurança, até o exército está presente. Diferente de outros estados que sediaram a SBPC que precisávamos ficar de olhos bem atentos e reversando para não correr o risco de roubar ou ser assaltado”, disse a Cientista do Rio Grande do Sul, Pâmela Negreiros.

Mesmo assim os participantes precisam redobrar atenção. O agente da PC diz que é preciso demostrar educação de segurança ao circular pela instituição. Ele disse que é preciso evitar usar telefones celulares na frente de qualquer suspeito, andar em grupo, evitar os ramais escuros da instituição, não deixar mochilas com objetos valiosos como notebooks, celulares e tabletes, sozinhas em salas de aula.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.